História

  • 2014
  • Prémio PME Excelência

    A Lusocal recebeu o prémio de PME Excelência do IAPMEI pelo sexto ano consecutivo.

    logo_PME Excelencia_2014_monocromatico (1)

  • 2012
  • 25 Anos de existência

    A Lusocal assinala a momentosa marca de 25 anos de existência, cimentada uma posição de liderança no setor do calçado em Portugal, no que à comercialização e fabrico de componentes para calçado diz respeito.

  • 2006
  • Lusocal pioneira em Portugal

    A Lusocal tornou-se pioneira em Portugal no serviço de faceado especial para testeiras, que oferece aos seus clientes.

  • 2001
  • Alteração de estatuto empresarial

    A Lusocal altera o seu estatuto empresarial para Sociedade Anónima.

  • 1998
  • Inauguração de filial em Felgueiras

    A fim de garantir uma maior proximidade de um dos maiores clusters do setor do calçado em Portugal, a Lusocal inaugurou uma filial em Felgueiras, através da qual passou a assegurar mais de metade do seu volume de vendas.

  • 1995
  • Participação em Feiras

    Durante a década de 90 a Lusocal participou na feira do sector realizada na Exponor.

  • 1990
  • Mudança de instalações

    A Lusocal passou a operar num pavilhão construído de raiz, com as dimensões então necessárias para albergar o equipamento de produção existente e uma área dedicada à armazenagem de matéria-prima e produto acabado.

  • 1987
  • Fundação Lusocal

    Fundada por Arlindo Henriques, a Lusocal iniciou a sua atividade na freguesia de Romariz, em Santa Maria da Feira, atuando no comércio por grosso de componentes para calçado e produção de testeiras e contrafortes.

    Nesse mesmo ano, foi assegurada uma parceria com a Tecnogi, um fornecedor italiano de telas para testeiras e contrafortes, cujo elevado nível de excelência é mundialmente reconhecido. A Lusocal garantiu um acordo de representação exclusiva para Portugal, ficando, desde logo, munida dos meios necessários para desenvolver um produto de qualidade referencial para o setor do calçado, a nível nacional.

    As primeiras instalações da empresa cingiam-se à cave da casa do seu próprio administrador.